Liberação Miofascial para recovery de Atletas

Os músculos, tendões e ligamentos dos atletas são colocados à prova a cada competição e treinamento! Essa exigência física toda traz a preocupação sobre uma recuperação rápida entre atletas amadores e profissionais.

Para prevenir lesões, a liberação miofascial é uma grande aliada na vida dos esportistas.

Você sabe o que é Liberação MioFascial durante o recovery?

Algumas pessoas chamam massagem miofascial, mas o termo técnico correto é Liberação Miofascial. O objetivo é liberar a fáscia. Por isso, o nome miofascial (mio, vem de músculo e fáscia, de tecido conectivo).

Na Liberação da fascia muscular (miofascial) é usada uma técnica de massagem com aplicação de pressão em alguns pontos do corpo para relaxar e alongar os músculos, permitindo mais liberdade entre o músculo e a fáscia, uma membrana do tecido conjuntivo, localizada logo abaixo da pele e que permite o deslizamento perfeito dos músculos durante os exercícios.

Em situações de extremo esforço, como em treinos e provas, o corpo forma nódulos ou pontos de gatilhos que acumulam toxinas e dificultam o bom funcionamento do sistema musculoesquelético e isso traz prejuízos a coordenação, flexibilidade e força muscular. A liberação miofascial promove a drenagem de metabólitos provenientes do esforço físico.

A liberação Miofascial dói durante a realização da sessão de recovery?

Como há pontos de tensão, a liberação miofascial pode sim ser dolorida no começo e depois proporciona uma sensação de alívio que vale todo o esforço e tempo investido no Recovery! Cada atleta tem um nível de sensibilidade e deve passar essa informação ao nosso time de fisioterapia.

A liberação miofascial pode ser feita apenas com as mãos?

A Liberação miofascial pode ser realizada com ou sem instrumentos. A manual usa técnicas como fricção, deslizamento, compressão, alongamento, percussão e vibração.

Recomenda-se que seja realizada por um especialista, principalmente, que tenha conhecimentos e práticas no segmento de recovery fisioterápico. Isso porque há intensidade e técnicas específicas para que aconteça o bom resultado esperado pelo atleta.

Qual o objetivo da liberação miofascial no recovery?

  • Melhorar a interação entre a fáscia e músculo;
  • Melhorar a mobilidade do músculo;
  • Prevenção de lesões musculares;
  • Aumentar o suporte sanguíneo;
  • Recuperação muscular mais rápida;
  • Diminuição de dores;
  • Evitar lesões.

O que é liberação miofascial na fisioterapia?

Nas estações móveis da Energy Lab Recovery os atletas são tratados por nosso time de especialistas com conhecimentos de fisioterapia, ou seja, prontos para entender a necessidade física de cada um para lhe propor o melhor tratamento durante a sessão. E uma das terapias aplicas é a liberação miofascial, que é uma técnica fisioterápica de relaxamento muscular recomendada para todos aqueles atletas que praticam algum tipo de atividade física que exija muito dos músculos.

O que é fáscia?

O corpo humano organiza em camadas planos de tecidos conjuntivos chamados de fáscia, que envolvem os músculos, preenche espaços e dão unidade à estrutura.  Além disso, a fáscia cria condições de cooperação mútua para o corpo funcionar em cada segmento específico.

Para que serve a fáscia?

A fáscia pode ser:

  • Profunda ou Muscular:  tecido conjuntivo fibroso e denso que envolve músculos, ossos, nervos e vasos sanguíneos.
  • Visceral: responsável por suspender os órgãos nas cavidades e envolvê-los com tecido conjuntivo.

Onde se localiza a fáscia?

  • Fáscia Muscular é uma lâmina ou faixa larga de tecido conjuntivo fibroso que circunda os músculos e órgãos do corpo.
  • Epimísio é a camada mais externa de tecido conjuntivo que circunda todo o músculo.

O que é mecânica muscular?

Os músculos esqueléticos atuam por contrações do ventre muscular por trabalho mecânico, deslocando um segmento do corpo. Ao contrair o ventre muscular, o músculo encurta e assim desloca o segmento ósseo.

Liberação Miofascial na recuperação de atletas:

Se você é ciclista, nadador, maratonista ou triatleta deve ter uma rotina de treinos intensa e a preocupação de se recuperar rápido para as competições. Cada minuto conta na corrida contra o relógio e, por isso, ninguém quer enfrentar cansaço ou lesões que diminuam o ritmo da sua jornada pelo aperfeiçoamento da técnica e rotina elaborada por seu coach.

Atletas profissionais de alto desempenho e aqueles que estão ingressando nesse mundo de treinos longos precisam administrar um ciclo de treino e pós-treino com recovery efetivo. Assim, dentro do circuito de recuperação, a liberação miofascial é uma ótima pedida.

Benefícios da liberação miofascial:

  1. Redução no tempo de recuperação dos atletas;
  2. A drenagem da liberação miofascial melhora a circulação sanguínea;
  3. O sangue se torna mais rico em oxigênio para nutrição dos músculos;
  4. Diminuição da rigidez muscular.
  5. Redução das dores musculares.
  6. Diminuição de inchaços.
  7. Diminuição de processos inflamatórios.
  8. Maior longevidade e desempenho dos músculos.
  9. Aumento da mobilidade articular para execução dos movimentos.
  10. Diminuição da sobrecarga e tensão músculo articular.
  11. Promove mudanças progressivas nos níveis físico e emocional.
  12. Aumento da consciência corporal.
  13. Ajuda na liberação do ácido lático.
  14. Favorece à sensação de bem-estar.

Existe contraindicação para fazer uma sessão de liberação miofascial no recovery?

  • Hipersensibilidade da pele.
  • Atletas que apresentem feridas abertas, infecções ou hematomas.
  • Deficiência circulatória aguda ou que faça tratamento anticoagulante.
  • Diabetes descontrolada.
  • Osteoporose.
  • Fraturas em fase inicial.

Como a liberação miofascial ajuda os atletas de alto desempenho:

A liberação miofascial ajuda a drenar as substâncias liberadas durante o treino intenso e provas de alta intensidade a fim de diminuir a fadiga e estresse.

O recovery tem um papel fundamental para redução das altas concentrações de creatina quinase e lactato na corrente sanguínea que resultam de uma alta carga de exercícios que promovem uma intensa demanda muscular.

Os músculos após um treino puxado ou prova sofrem micro rupturas, acumulam toxinas, o que pode atrasar a recuperação tão desejada dos atletas de alto desempenho que buscam retornar sempre rápido para sua rotina esportiva.

É indicado que o recovery seja realizado em até 48 horas após o alto estresse muscular. Por isso, conte com o circuito da Energy Lab Recovery localizado em pontos estratégicos do Rio de Janeiro.

Por que é importante fazer um bom recovery?

Com a concorrência dura entre os atletas de alto desempenho, o tempo de resposta na recuperação é importante para intensificar a performance dos treinos. Porém, o corpo possui o sistema de quebra muscular deixa resíduos que favorecem inflamações e lesões.

Para permitir nutrir os músculos com bons nutrientes, é necessário agir para facilitar a boa circulação.

Nesse sentido, as botas de compressão atuam como aliadas no processo de recuperação através de compressões sequenciais com configurações corretas de pressão para não prejudicar o sistema vascular.

A decisão sobre o plano de liberação miofascial e a intensidade da aplicação fica a cargo do nosso time de especialistas na área de fisioterapia da Energy Lab Recovery que faz toda a diferença na hora de garantir os protocolos corretos de uso.

Saiba mais também sobre Botas de compressão >>

Saiba mais sobre eletroestimulação >>

Saiba mais sobre piscina de gelo ou crioterapia >>

Confira os endereços das estações móveis da Energy Lab Recovery no Rio de Janeiro >>

Conheça nosso plano do Clube EL que te permite acesso liberado nas Estações >>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *